sexta-feira, 20 de julho de 2018

Corrida mista no Campo Pequeno

A mulher afirma-se cada vez mais como interveniente directa na festa de toiros. Longe vão os tempos em que o seu papel se limitava ao apoio ao toureiro, fosse em família ou nas bancadas da praça. 
Hoje em dia a mulher discute de igual para igual com o homem os lugares cimeiros da tauromaquia, com ele competindo em pé de igualdade. Nesta corrida as duas primeiras cavaleiras portuguesas de alternativa estarão em praça, numa competição inimaginável ainda há não muitos anos, através de Sónia Matias e Ana Batista. Na lide a pé, os matadores que lutam por um lugar de destaque no mundo do toureio: António João Ferreira e Nuno Casquinha. Pegam os forcados Amadores das Caldas da Rainha e lidam-se toiros de São Torcato.

Touros de Francisco Romão Tenório para a corrida de rejoneo em Gijón

quarta-feira, 18 de julho de 2018

Nuno Casquinha indulta um touro em Lachaqui (Lima-Perú)

Lachaqui (Lima) Festejo misto. Touros de San Alejandro, o quarto foi indultado. Gustavo Zúñiga, silêncio e orelha; Nuno Casquinha, silêncio e duas orelhas e rabo simbólicas e o bezerrista Giafranco Santos, palmas.

Almendralejo fecha o cartel do seu 175º aniversário

A empresa Tauroemoción estreia-se na gestão da praça de touros de Almendralejo afrontando a organização de festejar o 175º aniversario do coso da localidade estremenha. Este ano coincide com a celebração da Feria de lá Piedade, que terá lugar a 15 de Agosto. Lidam-se astados da ganadaria de Las Monjas, por parte dos diestros Finito de Córdoba, Curro Díaz e Emilio de Justo.

terça-feira, 17 de julho de 2018

FIGUEIRA DA FOZ – TEMPORADA DE VERÃO FOI ESTA TARDE APRESENTADA NO COLISEU FIGUEIRENSE

O emblemático Taurodromo do Coliseu Figueirense foi esta tarde palco da apresentação oficial dos cartéis que compõem a temporada de verão 2018 que decorrerá a partir do próximo dia 21 de Julho na Figueira da Foz. 

Numa mesa presidida pelo Dr. Miguel Amaral e Dr. Fernando Nogueira (da Administração do Coliseu Figueirense), Rui Bento Vasques (assessor da Administração) e Ricardo Levezinho, promotor dos eventos taurinos nessa arena, foram dados a conhecer os cartéis dos espectáculos taurinos que decorrerão nos dias 21 de Julho, 4 e 25 de Agosto, onde pontificam os maiores nomes da tauromaquia nacional, e alguns acontecimentos de destaque da temporada taurina portuguesa.
O ciclo taurino contará com três corridas à portuguesa, sendo que terá uma Corrida Correio da Manhã – Centro, Corrida à Portuguesa de Máxima Competição e Concurso de Ganadarias do Mondego. Três corridas de toiros com muitos aliciantes que poderá presenciar no Coliseu Figueirense.
Veja os cartéis para a Figueira da Foz: 
21 de Julho – 22:00 horas, Corrida à Portuguesa – Grande Corrida Correio da Manhã – Centro / Reaparição do cavaleiro Joaquim Bastinhas. Cavaleiros: João Moura, Joaquim Bastinhas, Rui Salvador, Marcos Bastinhas, Marcelo Mendes e David Gomes Forcados: Amadores de Tomar, Amadores da Chamusca e Amadores de Monforte Ganadaria: 6 toiros de Higino Soveral 
4 de Agosto – 22:00 horas, Corrida à Portuguesa – Competição Máxima: Cavaleiros: Rui Fernandes, João Ribeiro Telles Jr e Francisco Palha Forcados: Amadores de Vila Franca e Amadores do Ribatejo Ganadaria: 6 toiros de Manuel Veiga 
25 de Agosto – 22:00 horas, Corrida Comemorativa do 123º Aniversário do Coliseu Figueirense / Concurso de Pegas / Concurso de Ganadarias do Mondego Cavaleiros: António Telles, Sónia Matias, João Moura Caetano, Gonçalo Fernandes, Luís Rouxinol Jr, Soraia Costa e o amador António Ribeiro Telles - filho Forcados: Amadores de Cascais, Amadores de Portalegre e Amadores Coimbra
Ganadaria: 3 toiros de Santos Silva e 3 toiros de António Valente; Extra Concurso 1 novilho de David Ribeiro Telles

quarta-feira, 11 de julho de 2018

Entrevista ao Maestro António Ordóñez (Maio de 1996-Feira da Moita)


Pequenos "tesouros" do baú das recordações: Curro Romero e José Júlio no Campo Pequeno


Quando o toureio a pé em Portugal ainda tinha importância...

Remexer no baú das memórias tem destas coisas. Estas páginas pertencem ao Jornal Redondel, do jornalista Luís Alberto Ferreira (só os da minha geração se lembram dele) e que em 1974 começou a editar este jornal semanário que era impresso na gráfica do jornal Gazeta do Sul, onde dois anos mais tarde, comecei a dar os meus primeiros passos no jornalismo taurino. Estas imagens são do nº 3 de 17 de Abril de 1974. Não é saudosismo, mas sim a triste realidade com o que somos confrontados presentemente.




Os touros de Oliveira Irmãos para São Cristóvão